Porque reutilizar é preciso

Que tipos de resíduos você mais produz em casa? Todos eles são reutilizáveis pelo menos uma vez? Todos os objetos que você compra são realmente necessários? Será que não daria para ao invés de comprar, criar com objetos que normalmente seriam descartados?

Regra geral: a princípio todo vasilhame (de vidro, papel, metal, isopor ou plástico) pode tornar-se um organizador de objetos (botões, mantimentos, parafusos, bijuteria…) ou um vaso para plantas (com ou sem água, com ou sem terra, orgânicas ou artificiais).

O grande desafio quando fala-se em reutilização é ter pouco trabalho e ter um resultado final de qualidade (= que não fique com cara de lixo!). Pessoalmente, acho frustrante assistir à maior parte dos programas de artesanato que aparecem na TV que dizem ter o intuito de reutilizar material X ou Y, porque 99% deles demanda a compra de muuuuuitos materiais que normalmente não se teria disponível em casa (ex.: um metro de tecido, tinta especial…).

Abaixo seguem algumas dicas de reutilização (se pudermos reutilizar pelo menos uma vez os objetos que jogamos no lixo no mínimo dobramos a vida útil deles) que uso no meu dia-a-dia e outras mais engenhosas que encontrei pela net. Sinto muito se algumas são óbvias ou repetidas demais, mas espero ainda ter uma ou duas novidades a adicionar na vida de vocês!

* Garrafas pet

– Primeira opção: tenha uma sempre a mão para ser reenchida com água para beber! Seja para carregar na bolsa, ter no armário da academia, ou mesmo na geladeira elas são práticas.

– As de 500ml com o gargalo cortado são uma ótima solução para guardar sombrinhas molhadas dentro da bolsa – já a carregue com a sombrinha seca para que sempre esteja a mão.

– Só o gargalo pode ser um ótimo funil (tanto para líquidos quanto para sólidos).

– Guarde as pilhas usadas em um garrafa pequena para que quando forem descartadas não contaminem nem o solo nem os lençóis freáticos, e/ou caso você leve-as  para um local que faz coleta específica não precisa ir levando-as individualmente.

– Existem algumas garrafas pet que são realmente bonitas. Encha a garrafinha com água, álcool de cereais e essência e faça o seu próprio aromatizador de ambientes. Se você pedir comida japonesa guarde os hashis  e os mergulhe na garrafinha para ajudar como difusor de aroma. – Ahhh você não tem os ingredientes para fazer o aromatizador de ambientes? Não faz mal, use aquele perfume que na embalagem é ótimo, mas reage mal com a sua pele!

– Revisteiro de um site alemão:

* Copos plásticos de requeijão e pequenas embalagens plásticas

– São o recipiente ideal para congelar comida em porções individuais, ou eventuais sobras. – Inclusive para guardar pequenas quantidades de mantimentos secos.

– Muitas embalagens simples tem os rótulos removíveis (ou são simplesmente moldados ou adesivados) o que os torna neutros e podem ser reutilizados inclusive para presentear alguma guloseima (com o manjericão que tenho na sacada, às vezes, faço pesto e as pessoas ficam felizes ao receberem esse mimo).

– Embalagem de presente (!?):

* Vidros

– Tornam-se ótimos potes de mantimentos: inodoros e transparentes. Além de preservar os mantimentos são uma forma fácil de saber quando está na hora de repor este ou aquele produto.

– Também servem como uma boa embalagem de presente para guloseimas – e quem ganha não fica com a preocupação de devolver.

– Porta retratos:

* Embalagens de 1L de iogurte

– Corte e faça vasinhos para plantas ou porta lápis. O que fazer com tantos vasos de plantas e porta lápis? Presenteie!

* Embalagens de cosméticos

– Uma possibilidade é usar para fracionar os produtos que você comprar a granel ou mesmo colocar refil.

– Ao cortá-las você pode ter diferentes formatos e cores de porta escova de dentes, pentes e escovas de cabelo e até mesmo saboneteira (como porta trecos o ideal é colocar uma pedra no fundo para evitar que ele tombe). Se você gosta de mudança pode ter um banheiro um pouco diferente a cada nova embalagem de xampu.

– Se o pote tiver tampa de rosca pode ser usado inclusive para transportar suas bjuterias na mala. – Uso potes de gel para guardar pulseiras do tipo argola.

* Potes de sorvete

– São excelentes para armazenar desde mantimentos até material de limpeza – só não esqueça de identificar o conteúdo. Uso muito para guardar a ração dos gatos fracionada (compro pacotes de 10kg!) e sabão/sabão em pó (evita que molhe e mantem organizado).

– Vasos para plantas a prova de gatos! Gatos amam terra e sempre tentarão usar seus vasos como banheirinho. Coloque a terra dentro do pote e na tampa corte três (sugestão) canaletas de onde as plantas emergirão, para aparar o excesso de água você pode usar um pratinho de isopor que geralmente vem com frios.

* Caixas de papel/papelão

– Use para enviar coisas pelo correio (só a encape com papel < pode inclusive ser papel já usado do avesso!> para colocar os dados do destinatário e remetente) não há necessidade de comprar as embalagens próprias vendidas nas agências.

– São organizadores por excelência. Tanto podem ser empilhadas quanto, abertas e sem tampa, servem como divisórias para gavetas. – Os usos mais criativos que dei foram usar uma para organizar e “disfarçar” os absorventes no banheiro e juntar remédios que vem em cartelas (analgésico, anti-térmico, antiácido…) na gaveta da farmacinha. Ahhh também tenho uma caixinha comprida que uso para os pentes no banheiro e acaba também servindo para organizar os brincos da semana.

– Caixa de padaria que vem com salgadinhos não serve pra nada, né? Minha mãe e minha irmã LêSC fizeram uma linda caixa para os meus brincos cortando e encapando uma dessas (a base para os brincos foi feita de uma placa de isopor que veio com frios)!

* Papel e fitas de presente 

– Reembale presentes! O papel ficou amassado? Crie algo em que o amassado torne-se um detalhe ( na caixa de brincos acima o papel interno foi mais amassado do que era originalmente justamente para criar um efeito).

* Sacolas de eventos

– Geralmente, são resistentes e podem ser utilizadas como ecobags. Mas a estampa não ajuda? Cubra a parte que você não gosta com um retalho de tecido. Você não tem tecido em casa? Tem certeza!? E aqueles saquinhos de TNT que às vezes recebemos? E aquela sobrinha que estragou, mas a estampa é tão linda? 😉

– Se você enchê-las com sacolas plásticas de supermercado, cortar as alças e costurar pode usar como almofadas divertidas (pode ser para o jardim, sacada ou mesmo para um piquenique).

* Sacolas de lojas

– De plástico: saco para organizar material para doação/descarte de objetos.

– De papel: cubra o logo com alguma imagem interessante (de revista ou retalho de papel de presente), coloque um laçarote na alça e use como embalagem de presente. Outra opção é pendurar uma na cozinha para usar para guardar os saquinho de supermercado (para usar para o cesto de lixo depois).

* Seu lixo é meu luxo

– Antes de jogar algo fora verifique com seus contatos se alguém não gostaria de usar… – Conheço artistas plásticos que ficam felizes da vida ao ganhar maquiagem e esmaltes vencidos para usarem nas suas obras!

Anúncios

8 Comentários (+adicionar seu?)

  1. susanaemm
    out 30, 2011 @ 13:04:42

    Adorei!

    Responder

    • SenhoraF
      out 30, 2011 @ 21:48:35

      Que bom! 🙂 Tem algum outro material que você descarta com frequência e gostaria de ideias para reutilizar? Qualquer coisa me escreva: blogsenhoraf AT gmail.com

      Responder

  2. Emmanuel M Favre-Nicolin
    out 30, 2011 @ 14:08:15

    Tantos lixos ue poderia ser evitado com regulamentação mas também como você mostrou, tanta coisa que pode ser reutilizado…

    As vezes pensamos em comprar todas as coisas e não percebemos que muitas riquesas estão a nosso alcance no nosso próprio lixo!

    Emmanuel M. Favre-Nicolin
    Blog Vitória Sustentável
    http://vitoria-sustentavel.blogspot.com

    Responder

    • SenhoraF
      out 31, 2011 @ 02:07:33

      Emmanuel,

      Muito obrigada pelo seu comentário!
      Seria ótimo que tivéssemos uma legislação mais eficaz e que fosse de fato respeitada…
      Neste interim, se cada um de nós tentar aplicar alguns dos conceitos dos 3Rs diariamente na nossa vida cotidiana (coisas simples como só imprimir o necessário e ao fazê-lo optar por usar papel de rascunho ou o verso de papéis já usados) a nossa pegada ecológica já diminui significativamente!
      Volte mais vezes!

      Senhora F

      Responder

  3. Carol Fraga
    out 30, 2011 @ 23:42:04

    Adorei!!! Vou salvar aqui nos favoritos pra ficar sempre de olho!!

    Responder

  4. Lu Monte
    nov 01, 2011 @ 13:25:17

    Excelente post, F!!! Algumas dicas eu realmente já conhecia, outras são novidades e fiquei com vontade de testar logo (especialmente a ideia do aromatizador).

    A dos potes de sorvete como vasos de planta também é excelente, estou pensando em usar na casa nova.

    Mais um uso pra garrafa pet: manter uma vazia no porta-malas do carro, pra reabastecer o radiador quando precisar… coisa de quem já teve um carro com radiador furado. 😛

    Responder

    • SenhoraF
      nov 02, 2011 @ 10:37:18

      Oi Lu,

      Você sabe que este post foi inspirado em uma de nossas conversas, né?
      A intenção não era dar só dicas inéditas, mas umas um pouco menos repetidas.
      Realmente, ter uma garrafa pet (até mesmo cheia) no porta-malas pode ser uma
      baita mão na roda, tanto pro radiador quanto para limpar o parabrisas em momentos
      de emergência. Ahhh com garrafa pet também dá pra fazer aqueles lixinhos para
      colocar no câmbio do carro.
      Até breve!

      F.

      Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: