Dicas para as primeiras visitas

Hoje o Yago completou um mês de vida e apesar de ainda estarmos em fase de adaptação JÁ me sinto disposta a receber as primeiras visitas (pelo menos das pessoas mais íntimas). Ontem recebemos as primeiras visitas de pessoas absolutamente especiais (se há quase 3 anos não tivesse integrado o LuluzinhaCamp nunca as teria conhecido!): Bia, Jana, Lucirene e Rosa.

Fazia uma semana que elas haviam combinado de vir nos ver e “the timing was just perfect”! Vieram justo no dia em que passei a maior parte do tempo sozinha e com o Yago chorando desesperadamente (malditas cólicas!), estava precisando que alguém ficasse com ele no colo um pouco para que eu pudesse tomar banho e preparar o banho dele… em outras palavras precisava de uma força para poder RESPIRAR! Além de tudo isso as meninas ainda me ajudaram a relaxar falando de assuntos aleatórios! Amo vocês!

Bem, existem algumas regras básicas para as primeiras visitas ao bebê e a uma recém-mãe (sinto muito, mas o recém-pai acaba ficando meio de escanteio nestes momentos!):

* Avise que vai – não é muito legal ser pego de surpresa neste período conturbado!;

* Não espere um anfitrião modelo – além das restrições alimentares da mãe, para evitar cólicas no bebê (carne vermelha, soja, laticínios, nozes/castanhas, embutidos e chocolate) raramente (a não ser que se tenha empregada) é possível deixar petiscos disponíveis para as visitas (E com as restrições é melhor evitar as tentações, né?). Então, além de não esperar ser recebido com boas-vindas gastronômicas, se puder, leve algo comestível (levando em conta as restrições alimentares!!!);

* O tempo da visita deve ser limitado – não é que os recém-pais não gostem de visita (na verdade faz bem para a saúde mental deles falar sobre outros assuntos que não sejam somente os relacionados ao bebê), mas a rotina da casa e da família está toda alterada, os pais estão cansados e o bebê tem necessidades que nem sempre são bem supridas em frente a terceiros (eu, por exemplo, acho que amamentar é um ato muito íntimo; outro exemplo é o da minha sobrinha, nos primeiros meses ela não conseguia mamar direito se tivesse mais pessoas além dela e da mãe);

* O bebê é lindo, mas não é uma boneca! – lavem as mãos antes de tocá-lo; não fiquem com ele no colo por muito tempo; evitem visitas se estiverem gripados; o corpinho dele ainda é muito frágil, isso inclui seus olhinhos, tenha cuidado ao tirar fotos com flash!

* Presentes: as  pessoas perguntam o que os pais querem (isso é contrangedor! <enrubescendo>) ou do que estão precisando. Coisas que são úteis para os cuidados com o bebê: fraldas, bepantol baby, quadradinhos de algodão, roupinhas, sabão líquido específico para roupinhas de bebês, sling/canguru (os pais ficam com os braços livres e ao mesmo tempo com o bebê bem pertinho), e outros acessórios (pense no seu orçamente e, se ainda estiver em dúvida pergunte para os pais: Vcs preferem X ou Y?).Para ambos os pais: comidinhas prontas (principalmente no primeiro mês), diária de faxineira (quem tem energia para  limpar a casa?) .  Para o papai: convite para dar uma volta no estilo clube do Bolinha (papais precisam de um tempo só para eles tbm), whisky/charutos/chocolates de acordo com seus gostos pessoais. Para a mamãe: cremes para tratamento “instantâneo” para os cabelos (a vaidade continua, mas o tempo é limitado), absorventes descartáveis para os seios (ninguém merece ficar com a roupa manchada de leite).

Anúncios

6 Comentários (+adicionar seu?)

  1. Janaína
    jan 12, 2012 @ 22:56:53

    Yago é lindo, vc está linda! foi um prazer conhecê-lo.bjs

    Responder

  2. Srta. Bia
    jan 13, 2012 @ 00:42:12

    Ele é fofíssimo e merece todas as visitas!

    E amiga, eu conheceria você sem o LuluzinhaCamp hahaha. Afinal nossos maridos se conhecem. E adorei escrever num caderninho para o Yago, também é uma dica boa. Super beijo!

    Responder

    • SenhoraF
      jan 16, 2012 @ 12:36:29

      Bia,

      Se dependesse só dos maridos talvez nós teríamos nos encontrado algumas vezes, mas não necessariamente nos conheceríamos. Quero dizer que certamente nos encontraríamos socialmente por que Fulana é companheira de Beltrano, mas contato pessoal e instransferível depende mais do que conhecidos em comum! 😉
      A propósito: parabéns pelo trabalho como coordenadora regional do LuluzinhaCamp!

      Responder

  3. Lucirene
    jan 13, 2012 @ 16:38:56

    Foi ótimo visitá-los, e ele está muito lindo e esperto. Um amor. Espero que não tenha cometido muitas gafes. Beijos.

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: